SporTV vai transmitir a UEFA Champions League

UEFA champions league sportv

A pergunta que vai circular nas redes sociais, mensagens de whatsapp e nos bares vai ser uma só: “Como faz pra assistir a Champions?”

Pois bem, a ESPN não é mais a casa da competição — de clubes — mais importante do mundo. Quem adquiriu os direitos de transmissão para as próximas três temporadas (2015/16, 2016/17 e 2017/18) foi o Esporte Interativo. O canal, com sede no Rio de Janeiro, contou com um aporte do grupo Turner — que detém, entre outros, o canal TNT — e concorreu com a ESPN junto à UEFA pelos direitos e venceu, surpreendendo o mercado.

O título acima não é uma informação privilegiada, nem uma notícia falsa para atrair cliques. É uma análise que permite concluir o que vai acontecer ainda nesse triênio, sendo mais otimista, ainda nesta temporada.

Há alguns anos, a Fox Sports iniciou as suas atividades no Brasil. A maneira que encontraram para atrair a audiência e conseguir entrar na grade das operadores de tv por assinatura, foi através da detenção exclusiva dos direitos da Copa Libertadores da América, já que era o canal que exercia o controle da competição junto à Comenbol e fazia o sub-licenciamento à Globosat (Sportv).

Para entrar no mercado e nas grades das operadoras em 2012, a Fox Sports manteve seu apelo, com a exclusividade. No final das contas, tanto Sky quanto Net cederam. Mas o canal também abriu da exclusividade da competição. A negociação envolveu o sub-licenciamento da Copa do Mundo. A Fox transmitiu a competição da FIFA em 2014. O canal divulgou que a Libertadores foi cedida em troca dos direitos do Campeonato Brasileiro e que a Copa foi uma negociação à parte. Mas o que realmente aconteceu foi a cessão dos direitos para a Sportv, após a inclusão do canal nas grades de Net e Sky.

O Esporte Interativo enfrenta o mesmo problema há anos. O canal que tinha sua transmissão somente por antenas parabólicas — tv aberta — inciou um movimento de se transformar em “tv fechada”. Conseguiu inserir-se nas grades da Oi TV e da Vivo TV. Mas desde sempre o canal enfrentou muita resistência nas duas principais operadores do país (Net e Sky), o Ei chegou a se manifestar publicamente à respeito.

Para a felicidade de todos, a Sportv vai acabar recebendo de bandeja a competição mais importante de clubes do mundo. Que reúne os melhores jogadores e técnicos do planeta. Mas que por agora vai ficar na mão de um só canal, sem a penetração massiva que a competição merece.

Obs. Este é um texto de opinião e análise de mercado.

Futebol Business

Relacionadas